sexta-feira, 29 de março de 2013

Ele morreu por mim e por você! E você o que faz por Ele?

Não são apenas dias comuns, não são meros acontecimentos vindos do acaso.
Tem história, tem tradição, tem vida em cada momento.
Não tem como passar em branco. Não sentir.
Quem passa sem sentir nada, talvez não tenha sentido a própria vida.
Quem deixar passar sem ao menos notar, fica em cima do muro, nem sim nem não, nem quente nem frio, apenas morno. Mas morno não serve. Indeciso não opina.
A semana Santa não pode ser encarada como mais uma semana no ano.
Temos 358 dias para sair, divertir, viajar, estudar, fazer tudo que se possa imaginar. È apenas uma semana que Deus pede a sua dedicação, mas justo nessa semana se faz de tudo, menos dedicar um pouquinho de tempo para Deus.
É preciso ver e rever conceitos, as suas atitudes falam por você.
Não basta inxar o peito e dizer aos quatro ventos que é católico e na hora do "vamo ver" tirar o corpo fora e fingir que nada está acontecendo.
Jesus morreu por mim e por você e às vezes isso se torna banal. Um caso feito por acaso. Sem sentido. Fácil é pular fora e nadar enquanto o mar está calmo, dificil é fazer isso quando tudo está turbulento. As ondas afogam e nesse momento Jesus é chamado.
Grande defeito, pedir quando se precisa e agradecer depois de feito.
Quando tudo está turbulento a casa está cheia, mas quando tudo se acalma e o diálogo se faz presente não sobra ninguém.

Ele morreu por mim e por você! Isso é fato!
E o que estamos fazendo para retribuir isso?
 Wender Batista Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário